DIRPF 2020: Extrato, Novas Regras Receita Federal

Em todos os anos milhares de cidadãos devem fazer a declaração do IRPF, porém, com as novas regras do DIRPF 2020, muitas alterações deverão ser feitas na confecção deste documento. Desse modo, as novas regras do DIRPF 2020 influenciam bastante na hora da elaboração da declaração.   

DIRPF 2020

DIRPF 2020

Portanto, continue nos acompanhando para saber mais informações relacionadas ao Imposto de Renda 2020!

Imposto de Renda 2020

Anualmente os cidadãos brasileiros que se encaixam nas regras da Receita Federal, têm de fazer a declaração IRPF 2020. Porém, neste ano muitas alterações foram feitas nas regras.

Com isso, a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda – Pessoa Física (DIRPF) é algo obrigatório a todos que estão dentro das regras da Receita.

Ao fazer a declaração do DIRPF 2020. O cidadão comprova de forma oficial para a União, que todos os seus bens foram adquiridos de forma legítima. Ou seja, o contribuinte prova para a Receita que no ano anterior todas as posses conquistadas foram feitas dentro das leis brasileiras.

Assim, não existindo qualquer tipo de imposição em relação às suas aquisições financeiras. Além, de com o pagamento do Imposto de Renda 2020, ajudar para o aumento dos cofres públicos.


Novas regras DIRPF 2020

Desde o Imposto de Renda 2019, muitas alterações foram feitas pela Receita Federal na declaração do IRPF 2020. Neste ano de 2020, houve até o momento poucas mudanças na Declaração Imposto de Renda 2020 do ano anterior..

Dentre elas, está o fim da dedução Imposto de Renda 2020 com gastos voltados a empregados domésticos. Desse modo, o cidadão não poderá mais ter seu desconto neste item da declaração.

Veja abaixo todas as novas regras DIRPF 2020:

  • Primeiramente, todos os campos destinados às informações que são consideradas complementares. Passam agora a serem obrigatórias a serem preenchidas pelo contribuinte na declaração;
  • A partir de agora declarar o CNPJ da agência bancária onde possuem conta e fazem suas aplicações financeiras;
  • Passa a ser obrigatório informar a alíquota destinada ao cálculo individual do contribuinte em sua declaração;
  • A Receita dá agora a possibilidade de impressão da DARF para o pagamento do imposto. Mesmo que ele esteja em atraso;
  • Por fim, agora é obrigatória a declaração oficial de imóveis, número de RENAVAM de veículos em posse do cidadão. Além do IPTU entre outros dados oficiais do Governo estadual e municipal.

DIRPF 2020

Com isso, todos os contribuintes devem ficar atentos na hora de realizar a sua nova DIRPF 2020. Pois com a alteração das regras, ficou mais complexo a produção da Declaração IRPF 2020.


Extrato DIRPF 2020

Como a produção deste documento vem se tornando cada vez mais complexa. A Receita Federal passou a disponibilizar em seu site o E-CAC Receita Federal 2020, ferramentas de acesso as informações dos contribuintes.

Dessa forma, todas as pessoas que devem realizar a declaração DIRPF 2020, podem ter acesso a documentos como o extrato DIRPF 2020.

Confira abaixo um passo a passo de como realizar esse procedimento:

  • Primeiramente, acesse o site oficial da Receita Federal, clique aqui para ser direcionado até a página;
  • Logo em seguida, clique em “Gerar código de acesso”;

  • Ao ser direcionado para uma nova jan ela online, você deve clicar na opção “Gerar código de acesso para pessoa física”
  • Logo em seguida, digite seus dados pessoais como o CPF e data de nascimento e prossiga clicando em “Avançar”;
  • Depois informe o sistema o número dos dois últimos recibos que você possui do IPRF (sem o digito de verificação);
  • Crie uma senha e usuário caso não possua;
  • Por fim, clique em “Gerar código”.  

Com isso, você terá um código de consulta do extrato DIRPF 2020 valido por dois anos. Porém, caso você perca esse código ou deseje tirar um novo dentro deste prazo.

O site da Receita estará livre para que você refaça este procedimento, assim, deixando a sua consulta ainda mais segura.

Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 10

DIRPF 2020: Extrato, Novas Regras Receita Federal

Adicionar Comentário